21 dez 2011

Cuidados ao se viajar

Cris

Rainy day...
Final de ano é época de viajar, passar Natal e Ano Novo com as pessoas queridas, sair para descansar um pouco a cabeça, conhecer novos lugares… mas e os bichanos, o que fazer?

Existem duas situações possíveis: ou a gente leva os bichinhos na viagem ou arrumamos alguém para ser a babá dos nossos bebês. Também podemos arrumar um hotel em algum Pet Shop ou veterinário, mas não são todas as cidades que oferecem esse recurso. Então, qual a melhor solução? Não existe a melhor, existe a solução mais plausível e possível para o momento, pois vai haver estresse de qualquer jeito, já que a rotina deles será alterada em ambos os casos.

Se escolhermos levá-los na viagem, vai haver mudança de ambiente e a viagem em si. Se eles ficarem, não terão a companhia e os cuidados da forma como estão acostumados. Então, escolham qual o menor prejuízo e tomem alguns cuidados para que as surpresas sejam as menores possíveis.

Viajar com os Felinos

Se a escolha foi levar os bichinhos, procure pensar em todas as situações que podem acontecer e se prepare antes. É claro que alguma vai passar batida, mas faz parte do processo. Entre alguns cuidados corriqueiros, estão:

  • Providencie as caixas de transporte mais adequada para seus bebês. Existem caixas de vários tamanhos, assim como os gatos são de vários tamanhos. Procure por uma caixa nem tão pequena que ele não consiga se movimentar o suficiente, nem grande o bastante para que ele se sinta solto e role pela caixa. Eles precisam estar confortáveis.
  • Com alguns dias de antecedência, no mínimo uns 15 dias, reveja a carteira de vacinação dos peludos e atualize alguma vacina, se necessário. Assim ele tem um tempo para ter alguma reação adversa e melhorar.
  • Leve ração suficiente para os dias que vai passar fora e um pouco a mais, por precaução. Se deixar para comprar a ração no destino da viagem, corre o risco de não encontrar a de costume e gerar mais um desconforto para o bichinho. Além de problemas digestivos que uma troca abrupta pode causar.
  • Leve areia e as caixinhas. O ideal é que eles se sintam o mais familiarizados possível.
  • Procure seu veterinário de costume e peça um remédio para enjoo para o caso do gatinho não se sentir bem com o balanço da viagem.
  • Coloque na bagagem as caminhas ou, pelo menos, alguns paninhos nos quais eles costumem se deitar. Um cheirinho familiar será muito bem vindo.
  • Coleira com identificação e no mínimo um celular de contato pode ser providencial no caso de uma escapada não contida.
  • Se for ficar em algum hotel, se certifique de que ele aceita animais para não ter nenhuma surpresa desagradável.
  • Caso vá ficar em uma casa alugada ou de parentes/amigos, também se certifique de que, se não a casa inteira, pelo menos haja uma área em que os gatinhos possam ficar soltos e que não tenha rotas de fuga.
  • Brinquedos para ajudá-los a distrair também podem ajudar bastante.
  • Coloque na sua agenda o celular e algum outro telefone/modo de contato com o seu veterinário. No caso de uma emergência, ele pode ajudá-lo via telefone ou email.

Deixar os Felinos em Casa

É uma alternativa bastante usada, pois é a que mexe menos com a rotina dos bigodudos. Mas precisa de alguém de confiança e comprometido para que corra bem mesmo. Apesar de não precisar de tantas providências quanto a opção de levar os gatinhos na viagem, alguns cuidados são fundamentais.

  • Deixe ração e areia em quantidade suficiente para os dias em que ficará fora.
  • Se o cuidador já estiver acostumado em ficar com os peludos, menos mal. Se for a primeira vez, peça para a pessoa ir em sua casa alguns dias antes de você viajar e explique detalhadamente onde estão ração, areia e apetrechos, como é feita a limpeza da caixinha e o que fazer com os detritos recolhidos.
  • Deixe todos os contatos que a pessoa possa precisar, principalmente o seu e o do veterinário.
  • Providencie algum valor em dinheiro e deixe para o caso de um imprevisto acontecer.
  • Se mora em apartamento, apresente o cuidador aos porteiros e deixe autorizada a sua entrada.
  • E por último, embora pareça óbvio, não se esqueça de deixar as chaves da sua casa/apartamento com a pessoa.
Imagem: Kat…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...