13 abr 2011

Toxoplasmose e gravidez – de novo

Cris

Muito bem, semana passada houve um episódio que colocou fogo na discussão sobre toxoplasmose e gravidez. No dia 4 de abril, aconteceu uma cena na novela Insensato Coração (realmente, a novela tem horas que fica muito insensata mesmo…) em que a personagem vivida pela Camila Pitanga, e que está grávida, manda uma amiga tirar uma gatinha fofíssima tricolor de cima do carro, pois ela não podia chegar nem perto, com risco de contrair toxoplasmose. Na mesma hora eu (e várias outras pessoas) entramos em contato com a Central de Atendimento ao Telespectador da Globo, reclamando de tamanha barbaridade. Segue abaixo a mensagem que enviei:

 

================== MENSAGEM ORIGINAL ===================
De: CRISTIANE PASCHOALI <crispaschoali@gmail.com>
Segunda-feira, 4 de Abril de 2011
Assunto: INSENSATO CORAÇÃO - CRÍTICA - 04/04/2011

Assisti, no capítulo de hoje, uma cena na qual a atriz 
Camila Pitanga não pegava em um gato com receio de 
contrair toxoplasmose. Eu possuo gatos, 6 para ser 
mais exata, e tenho uma filha grávida. Os meus gatos }
são castrados, vacinados e, apesar de terem sido resgatados 
das ruas, não vão mais para a rua, pois podem se machucar 
em brigas, serem atropelados ou envenenados. Sendo assim, 
as chances de que tenham toxoplasmose são mínimas, dado 
que eles não eram portadores quando vieram para a nossa 
casa. Minha filha já fez todos os exames e também não tem 
os antígenos da toxoplasmose. O fato é que tentamos, 
como possuidores de felinos, desmistificar a história 
de que, pelo simples fato de tocar ou conviver com o 
gato, uma pessoa pode contrair toxoplasmose. Isso não 
é real. É muito mais fácil se contrair através de 
vegetais contaminados e mal lavados ou através de carne 
mal passada.
Se visitarem o post do meu blog 
(http://laslinhasepelos.com.br/2011/03/21/toxoplasmose-e-gravidez/), 
poderão ter uma ideia da campanha que 
fazemos. Espero que reflitam melhor e pesquisem 
antes de lançar ideias e afirmações que podem 
contribuir, ainda mais, para o preconceito que as 
pessoas possuem contra animais de uma forma geral, 
e contra gatos mais especificamente. Eles são 
animais que sofrem por causa de ideias como essa, 
da toxoplasmose, ou com outras, como a de que gato 
preto dá azar. Muitas grávidas, por terem esse 
conceito errado, acabam se desfazendo de seus bichanos. 
Quando não encontram ninguém para quem dar seus 
gatinhos, os soltam nas ruas e contribuem para a 
quantidade de animais abandonados e doentes que vemos 
todos os dias.
Atenciosamente,
Cristiane Paschoali

 

E, no dia seguinte, a resposta (se é que podemos considerar assim…):

FALE COM A GLOBO
Cristiane
Respeitamos sua opinião e crítica. Suas considerações serão levadas ao conhecimento da direção do programa.

Cordialmente,
Rede Globo

Nós, amantes dos felinos, nos esforçamos tanto para derrubar um monte de mitos e preconceitos que as pessoas possuem contra os bichanos, e vem uma empresa do tamanho e da abrangência da Globo e coloca tudo por terra abaixo. Agora, estamos todos nos esforçando para que tudo isso seja esclarecido da forma correta. Até o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo se preocupou com a colocação da novela e lançou uma campanha fabulosa, conforme pode ser vista abaixo.

E, no maravilhoso blog “Animais, ame-os e os deixe viver“, encontrei um excelente post de esclarecimento sobre toxoplasmose. Como estou na correria e não conseguiria terminar o post que estava escrevendo para agora, faço minhas todas as palavras lá escritas (e aqui reproduzidas, com autorização da autora).

TOXOPLASMOSE, E DAÍ? E, MEU GATO COM ISSO?

Por Fátima Borges 

Se você cozinha bem as carnes que come, se lava bem as frutas, legumes e verduras, se não bebe leite cru ou sem ser fervido e, se tem hábitos de higiene, não há o porquê de temer o protozoário Toxoplasma gondii, causador da toxoplasmose. 

O parasita só infecta o homem e os animais se os cuidados acima forem negligenciados. Segundo o Dr.º Humberto Augusto Clementi, Médico-veterinário (CRMV SP 2711), a maioria da população brasileira tem anticorpos contra a toxoplasmose e que estima-se que 50% da população já tenha se infectado com o toxoplasma, mas somente uma pequena porcentagem desenvolveu a doença.

Ainda, de acordo com o Dr.º Humberto a principal causa da toxoplasmose no homem se deve a ingestão de carne crua ou mal passada, ou por alimentos contaminados com fezes de animais, que eliminam as formas infectantes da doença (oocistos).

É importante, digo, ter-se o maior cuidado ao saborear aquele churrasquinho mal passado, tão apreciado nos finais de semana!
Normalmente as pessoas que ficam com toxoplasmose nem ficam sabendo que a tiveram, confundindo seus sintomas com os de uma gripe. No entanto, a doença pode se manifestar de forma mais severa, com a grande quantidade de pessoas afetadas pelo vírus da AIDS, a questão da toxoplasmose tornou-se bem mais séria em termo de saúde pública, diz a Drª. Andréa Lambert.

Como ainda não se conseguiu vacinas eficientes, a carne crua ou mal passada e o leite não fervido (principalmente o leite de cabra) devem andar bem longe de você e de seu bicho para que por sua culpa o animal não contraia a toxoplasmose. Mas, estatisticamente falando, é raro que um cão ou um gato transmita a doença para o homem, sendo muito mais fácil à transmissão por outros meios, daí a necessidade de:

• Não comer carne crua ou mal passada;
• Limpar e desinfetar sempre a caixa de areia de seu bichano;
• Lavar as mãos após o contato com o solo ou usar luvas;
• Lavar as mãos após o manuseio de carne crua;
• Não beber leite cru ou sem ser fervido;
• Lavar bem as frutas e verduras antes de comê-las;
• Tomar cuidado com tanque de areia, onde as crianças brincam, e, se possível cobri-lo quando não estiverem brincando (controlar moscas e baratas que podem servir de hospedeiros). 

A manipulação de gatos por gestantes é considerada segura, pois mesmo que o gato doente esteja no período de eliminação dos cistos (que dura somente 15 dias e ocorre somente uma vez em toda a sua vida), eles não estarão em sua forma contaminante, porque é preciso pelo menos 24 horas para que isso aconteça. Além do que, os gatos possuem hábitos de higiene muito desenvolvidos, pois não ficam em contato com suas próprias fezes, e se limpam boa parte do dia.

Na realidade, brutalmente falando, para se contaminar com a toxoplasmose será necessário que se ingira oocistos, provenientes das fezes de gatos contaminados, e, que as mesmas estejam mais de 24 horas esperando para serem ingeridas, o que não acredito que uma pessoa normal o faça, concordam?

E, se o seu gatinho contrair a toxoplasmose, é quase certeza que a culpa é sua, principalmente, se o mesmo não tem como, nem onde caçar e menos ainda conseguir, sozinho, o seu leitinho.
Por isso, tranqüilamente repito:
TOXOPLASMOSE, E DAÍ? E, O MEU GATO COM ISSO?

FÁTIMA BORGES
Professora de Português, Artista Plástica, Poetisa e Vice-presidente da ong DAAJ – Defesa Animal e Ambiental com Apoio Jurídico. Artista Plástica, Poetisa, Professora de teatro infantil e de português.

Fontes:

Dra. Andréa Lambert – Médica Veterinária (depoimentos)
Dr. Jairo Jorge G. da Costa – Médico Veterinário (depoimentos)

http://www.vidadecao.com.br/gato/index2.asp?

(Dr.º Humberto Augusto Clementi – Médico Veterinário)

* este artigo pode ser publicado livremente em Revistas, Jornais, Newsletters e outros meios de comunicação, desde que a biografia do autor permaneça intacta e a fonte do artigo seja citada. Fonte do Artigo: www.greepet.vet.br

Espero que tudo isso ajude a informar e acabar com o preconceito e com essa imagem mais do que errada de que são os gatos os únicos e principais culpados pela toxoplasmose.

Eu e minha filha repetimos: Toxoplasmose, e daí? E os nossos gatos com isso??


21 mar 2011

Toxoplasmose e gravidez

Cris

Faz tempo que estou escrevendo um post sobre toxoplasmose e gravidez. Minha filha está grávida e, o que mais escuto, são as pessoas “perguntando” (leia-se: afirmando) se não tem problema termos 6 gatos dentro de casa. Minha resposta é sempre “não”, mas as pessoas não querem escutar e, normalmente, estou sem saco para explicar os motivos de não haver problema. Ainda vou terminar de escrever o post, pois estou pesquisando e embasando bastante o que digo nele. Mas, enquanto o post não sai, achei o post da Lui (aka Louca dos Gatos :) ) falando sobre a campanha da PEA (Projeto Esperança Animal) a respeito de toxoplasmose. Aderi total!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...