22 set 2010

Vídeo lindo da Adriana Partimpim!

Cris

Hoje ganhei um presente lindo do meu marido, de aniversário de namoro. Sim, nós somos casados e comemoramos nosso aniversário de namoro todos os meses, além do nosso aniversário de casamento. E, para comemorar nossos 4 anos e 9 meses juntos, ele me mandou um vídeo do Youtube, com direito a comentário comemorativo e tudo. Meu Amor, eu também te amo muito!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Parabéns pra gente, viu. ;)

O vídeo é de uma música da Adriana Partimpim, codinome da Adriana Calcanhoto para suas músicas infantis. Músicas que eu adoro, por sinal. Ela se chama O Ron Ron do Gatinho e é uma delícia!! Como o recurso que fornece o código para incorporar o vídeo foi desativado, vou colocar o link para ele. Comprovem vocês mesmos. :)

http://www.youtube.com/watch?v=K0rx0SzBGPY


31 ago 2010

Resultado do sorteio!

Cris

Desculpem não ter publicado o resultado ontem, mas tive uns probleminhas de ordem técnica e não consegui postar o sorteio. Mas hoje é outro dia e o resultado saiu!! :D

Vamos aos números sorteados, com a ajuda do nosso querido Random.org. O formulário de inscrição foi um mimoso oferecimento do Google Docs. rsrs E os três números sorteados são… (som de tambores)…

Terceiro lugar! Cujo belo prêmio é um porta moedas da Animob…

Terceiro lugar

Em segundo lugar, um porta celular LINDO da Animob, na cor roxa:

Segundo lugar

Em, em primeiríssimo lugar, ganhando um porta celular DESLUMBRANTE, na cor rosa:

Primeiro lugar

E os felizes ganhadores (ou as felizes ganhadoras rsrs) são:

É isso aí, parabéns às sorteadas!! Vou entrar em contato, via email, e aguardo uma resposta até sexta com a confirmação dos dados para o envio. Se alguém não me responder até sexta, eu faço novo sorteio no sábado.

Beijo grande!!!!!


15 ago 2010

Participação de hoje: Luísa, do blog Louca dos Gatos

Cris

A participação de hoje, neste mês de participações especiais de aniversário, vamos conhecer a Luísa Pinheiro, responsável pelo blog Louca dos Gatos. Além de gateira apaixonada, ela é voluntária da ONG Adote Um Gatinho e tem inúmeras histórias emocionantes para compartilhar.

E lembrando a vocês: façam as inscrições para o sorteio de aniversário! Basta entrar aqui e preencher o formulário.

Divirtam-se e emocionem-se, pois eu me emocionei demais. Obrigada por compartilhar um pouco disso conosco, Lu…

Lãs, Linhas & Pelos- Pelo seu blog, o Louca dos Gatos, dá para ver o tamanho do amor que você sente pelos gatinhos. Como isso tudo começou?
Luísa Pinheiro – Tudo começou em abril de 2006, quando eu ganhei o Sr. Nicolau de presente. Minha mãe nunca deixou a gente ter animal de estimação, porque ela sofre demais e se apega demais e sempre achava que a responsabilidade ia sobrar tudo para ela. Na época, morava com meu namorado e estava insistindo por um animal. Como ele teve gato, preferia e eu topei na hora. Um amigo dele estava com um filhotinho encalhado… e me mandou as fotos e eu me apeixonei na hora. No mesmo dia, peguei o Nico e levei para casa. Ele ficou uns 5 dias com nomes provisórios, até eu achar um que fosse a cara dele.

nico quando era filho único e eu agarrava ele sem parar

quando vi estas fotinhos do nico fiquei louca e fui buscar ele no mesmo dia

Nicolau

nico bebê de tudo... logo que chegou em casa, com 4 meses

LLP – Quantos, e quais bichanos, já passaram pela sua vida?
LP – Então, quando era bem pequena tive uma cadelinha chamada Xuxa, mas ela faleceu. Depois de adulta, minha irmã comprou um yorkshire, o Bruce, ou Bubu, que está com ela até hoje. Ele tem cerca de 7 anos e é o xodó da família, pois se acha o dono da casa. Depois do nico, eu descobri que o ideal era ter dois gatos e não um. Assim um fazia companhia ao outro. E é mesmo. Eu morria de dó de deixar o Nico só em casa e deixei de viajar por conta disso. Após longos 2 anos de negociação, adotei o Miguel na Ong Adote Um Gatinho. No site, ele se chamava Dálmata. Me comoveu por ele ter 2 anos, ter nascido na casa da Susan e nunca ter tido interessados nele por conta das manchas pretas na cara. O Miguel chegou em casa em 11 de novembro de 2007, 2 dias antes de completar 2 anos. Neste mesmo ano me tornei voluntária da ONG, mas só em maio do ano seguinte que passei a ser lar temporário. Neste período adotei a Pepita, minha primeira temporária, pois ela tinha problemas renais. Quem adotaria além de mim? Ela viveu mais de um ano comigo e era a coisa mais doce que já conheci na vida. Em maio de 2009, quando ela estava bem doentinha, eu achei uma gatinha na rua, a Lorena. E a Pepita se sentiu mãe dela. Não pretendia ter 4 gatos, mas também sabia que a Pepita não duraria muito e achei judiação separá-las. A Pepita faleceu em 23 de setembro de 2009. Morri um pouco com ela. A casa ficou triste demais, mas depois todo mundo entra nos eixos de novo. Depois disso, mais de 40 gatos passaram pela minha casa. Na sua maioria pretos e adultos, muitas mamães que encalhavam após seus bebês serem adotados… Aí fiquei conhecida como a rainha dos pretos. Outro dia olhei o site da ONG e contabilizei 42 pretos doados por mim. Acho que a fama tem fundamento.  Uma das pretas que abriguei é a Rita. Ela ia ser castrada e devolvida para as ruas, pois era arisca demais. Não consegui deixar que isso acontecesse. Ela ficou 6 meses escondida, depois mais uns 3 para me deixar passar a mão e, em dezembro de 2009, após um ano comigo, eu decidi soltá-la em casa e aí para a doção foi um passo rápido. Por ser assustada demais, fiquei com medo de doá-la e ela passar por toda a adaptaçao novamente. Já estava em casa mesmo, era minha! E assim, completei meus 2 casais.

miguel e nico, logo que miguel chegou e tentou fazer amizade

pepita assim que chegou em casa, ainda como temporária

rita assim que chegou, escondida e em pânico

lorena fazendo exames assim que foi resgatada, com apenas 500g

pepita aninhando a lorena. dava para não adotar?

LLP – Você também é voluntária da Ong Adote um Gatinho e já foi lar temporário. Nos conte um pouco sobre essas experiências e porque você deixou de ser um lar temporário.
LP – Sou voluntária da ONG desde dezembro de 2007. Sou da primeira leva de voluntárias. No começo a gente ajudava bem menos. Ia no abrigo, fazia as entregas dos gatinhos e as vistorias nas casas dos adotantes. Depois a coisa foi se organizando e eu fiquei responsável pela lojinha dos parceiros. Eu era o ponto de contato entre a ONG e as lojinhas e artesãs que doavam parte da renda das vendas de coisinhas de gatos para o cuidado com nossos gatinhos. Em maio de 2008 eu fui morar sozinha e então decidi ser lar temporário. As primeiras foram a Pepa e a Pepita. Doei a Pepa super rápido. A Pepita ficou sozinha um tempo no quarto dos temporários, pois ela tinha que comer raçaõ renal e também era doce demais. Os gatos novos que chegavam batiam nela e ela não podia estressar. Assim que assumi a adoção, passei a manter sempre de 2 a 3 gatos no quarto dos temporários. Assim, quando um ia embora, eu pegava outro. Sempre achei que ser lar temporário era abrigar os gatos por tempo indeterminado. Nunca me senti na obrigação de doar algum deles. E por isso eu sempre falava para eles, “se ninguém te adotar, daqui vc não sai. Fica tranquilo que agora está tudo bem”. E acho que por isso eu sempre doei meus temporários super rápido. Acho que ninguém ficou mais de 5 meses comigo, mas o amor que a gente pega é enorme. No final de 2009, depois de uma série de tratamentos de gengivite, fizemos exame de sangue no Miguel e descobrimos que ele é FIV positivo. Assim como nos humanos, a AIDS felina ataca o sistema imunológico do animal e por isso o ideal é que ele tenha um ambiente de tranquilidade, para que a doença não se desenvolva. A transmissão é por sexo ou sangue, mas por sorte, os demais filhos naõ pegaram nada. Por orientação da veterinária, decidi não ter mais gatos temporários em casa. Doei todos que estavam comigo e soltei a Rita pela casa… Uns 3 meses depois adotei a pequena. Embora eu tenha me abalado muito como a notícia do Miguel, ele tem uma vida super normal. Não precisa de nenhum tratamento específico. Fazemos exames periódicos caso seja notada alguma alteração de peso, etc… mas no mais, é vida normal!

miguel cara de pau

pepitinha já doentinha...

mãe e filha

rita arriscando as primeiras voltinhas

lorena pitica de tudo

LLP – Para quem mora em São Paulo, e quiser ajudar, o que é necessário para participar como voluntário na AUG?
LP – Existem muitas formas de ajudar os gatinhos do AUG. Você pode ajudar com doações, apadrinhamento, comprando a rifa, indo ao bazar, comprando nossos produtos ou dos nossos parceiros. Para ser voluntária mesmo, aí você deve mandar e-mail para juliana@adoteumgatinho.org.br e se informar melhor. Como já somos 40 voluntárias, ela que controla a necessidade e disponibilidade de função.

LLP – Como é o seu dia a dia com seus quatro “filhos” atuais? Como é a personalidade de cada um deles?
LP – Ah… minha vida é bem mais feliz com meus filhotes. Eles são super carinhosos do seu modo. O Nico é o dono da casa. Ele é o primeiro e ele sabe disso. É carinhoso ao extremo. Quando era filhote era meio ressabiado com carinhos, mas sempre foi de ficar perto. Acho que a idade chegou e ele agora se esfrega em quase qualquer um… basta ele te ver 2 vezes hehehe. O Miguel é um dengo só. Dorme a noite toda embaixo do edredom comigo, encostadinho na minha perna. Isso quando não é em cima de mim. Ele me segue pela casa esperando que eu sente, para ele deitar no colo. Super charmosinho, ele vira cambalhota e adora fazer charme. A Lorena é a chatinha [rs]. Ela odeia colo e beijos. Carinhos só bem moderados. Se você aperta ela demais, ela faz fuuu. Aliás, elas faz fuuu à toa. Mas ela mostra que me ama da maneira dela. Me segue pela casa toda. Brinca, corre, super ativa, também tem só 1 ano né? hahaha  Apesar de não ser chameguenta, é a primeira que vem para cama dormir comigo. Ela deita do lado da minha cabeça e fica me olhando. Quando se sente confortável, chega perto e lambe meu pescoço, amassando pãozinho no meu rosto. Ela gosta de estar perto, mas não gosta de se sentir presa. Só sai da cama quando eu tento agarrá-la [isso acontece frequentemente] ou quando eu levanto também. A Rita é um doce de gata, mas ela morre de medo da sombra dela. Tudo que a gente achou que ela era arisca é só medo. Ela tem o cantinho dela. Me deixa fazer carinhos só quando eu sento perto e deixo ela se aproximar. Se tentar pegar no colo ela grita. Aliás, o miado dela é um gritinho muito fofo. Ela gosta da Lorena, mas às vezes elas se estranham. Por ela ser medrosa, os machos batem nela e ela não revida, só faz fu e grita. E assim, eles acham que podem mandar nela e batem cada vez mais. O Miguel arruma encrenca. O Nico, na verdade, só persegue se ela se arrisca demais nas voltinhas. Na verdade, o negócio do Nico é comigo. Se está comigo e alguém chega perto, ele ataca hahahaha. O bebê da mamãe. Mas, no geral, a rotina é ótima. Caixinhas limpas 2 vezes por dia, água trocada 1 vez por dia. Vemos TV juntos, dormimos juntos e eles me assistem tomar banho. O que eles odeiam mesmo é o computador. hahahaha Se eu chegar perto, eles ficam me atrapalhando, até eu levantar e ir para sala deitar com eles. Claro que tonta, eu obedeço hahahaha

lorena ficando adolescente

rita já fora da toca, mas ainda sem se deixar toca

primeira vez que a pê viu uma televisão heheh

LLP – Você tem passagens marcantes envolvendo seus gatinhos para nos contar?
LP – Tenho muitas. A Pepita acho que é a mais marcante de todas. Depois de 8 meses em casa comendo ração renal, ela teve uma piora e parou de comer. Isso foi no carnaval de 2009. Corri para fazer exames e as taxas estavam tão alteradas que ela ficou 2 dias internada. Depois disso, tinha que tomar soro diariamente. Foi um sufoco. Eu acordava mais cedo para ir na veterinária, pois ela não me deixava aplicar. Isso foi de fevereiro a setembro. Em setembro ela teve uma piora terrível e tivemos que sacrificá-la. Estava magra demais e não conseguia mais comer. Evitamos o sofrimento. Eu morri com ela. Pode ter certeza. Mas ela foi uma das melhores coisas que me aconteceu.

pepita já bem doente com a tia angélica, em dia de soro

Quando eu passei a mão na Rita pela primeira vez também me emocionei muito. É muito legal ganhar a confiança de um gatinho. A gente se sente poderosa, feliz.

e a rita se rendeu aos meus carinhos

Quando a Lorena chegou também foi um sufoco. Ela tinha sido mordida por um cão e teve um rompimento do músculo abdominal. O intestido estava preso só pela pele. Ficou 4 dias no banheiro, comendo uma colher de paté de 2 em 2 horas. Quando ela fez o primeiro cocô, foi uma comemoração geral [rs]. Ela foi operada e hoje passa super bem.

lorena linda e peluda

rita já solta na casa

De coisas boas, o que posso destacar é a convivência. É chegar em casa e receber afeto incondicional. Uma lambidinha aqui. Uma barriguinha a mostra acolá. Parece que tudo de ruim que aconteceu no dia fica para fora de casa, né? Bom demais. Não me vejo mais sem gatos. Se eu tiver filhos, quero passar isso para eles. Se eu não tiver… aí eu vou ter o cuidado de não pegar gatos novos. Tenho medo de morrer e ninguém cuidar dele.

miguel e pepita

LLP – E, por último, deixe uma mensagem, recado ou o que queira falar para as gateiras e gateiros que acompanham o blog.
LP – Ah… sei que parece clichê, mas queria pedir que as pessoas tenham a consciência de que o animal é uma vida e que ele te ama demais. Que além de comida e água, eles precisam de segurança e afeto. Lugar de animal é dentro de casa, seguro e protegidos pelas telas. Ter tela e manter seu animal em casa é prova de afeto. Isso porque, se ele sair e se perder ou se machucar, além dos gatos financeiros, você vai ter terríveis perdas emocionais. Fora a dor do gatinho, né? Desnecessário. Isso sem falar de possíveis doenças. É isso. Quem ama cuida e protege. Pense bem antes de adotar um animal, eles são sua responsabilidade para a vida toda. Mas garanto que a alegria é imensamente maior que as preocupações!!!

dia de catnip


11 ago 2010

Hoje é o dia!

Cris

O dia do nascimento deste blog é hoje. Foi em 11 de agosto do ano passado que eu resolvi escrever sobre meus bichos e meus trabalhos manuais. Na época eu não tinha muita ideia do que ia virar, mas toquei o barco em frente. E agora, um ano já passou… (E não esqueçam de participar do sorteio de aniversário!!! Para se inscrever, entrem aqui!)

Várias coisas mudaram nesse ano, principalmente o número de filhos… rsrsrs Quando tudo começou, era só a Família Gatos original, com 4 integrantes: a Nina Lady, a Branquinha Rouca, a Pretinha Inquieta e o Kotó Gostoso. Em dezembro a Pandora caiu no meu colo, como um presente de grego, digo, de Natal, do meu marido… ;) E alguns meses depois, como se não bastasse, o Cisquinho e o Garfield me ganharam com as carinhas mais carentes e lindas que eu já vi na face da Terra. O Garfield continua um fofo. O Cisquinho virou um demônio da Tazmânia! Mas são lindos e nós amamos a todos hoje, igual e incondicionalmente.

Minhas linhas e lãs frequentam menos o blog do que eu gostaria. Mas não pensem que é fácil administrar casa, trabalho, marido, filhos humanos e mais sete filhos peludos! Mesmo assim, ainda consigo fazer algumas coisinhas de vez em quando para ocupar o pouco tempo que sobra… rsrs (tenho dois trabalhos saindo do forno logo, logo!!).

Eu acredito que a proposta original, que era mostrar o dia a dia de uma família cheia de bichos, está sendo cumprida. Às vezes eu até me policio para não ficar escrevendo sobre cada passo que eles dão, pois tudo para nós é lindo e merecia um post. Em outras ocasiões eu deixo de escrever sobre fatos diferentes e importantes que aconteceram, mas não consigo dar conta de tudo sempre. Eu já falei e torno a repetir: meu sonho era ficar trabalhando em casa, junto com eles, e poder escrever para o blog quando bem entendesse. Mas ainda não consegui… um dia eu chego lá.

O post de hoje é para dar parabéns. Parabéns ao blog, parabéns à minha família, que são tão empenhados e competentes na tarefa de cuidar e amar esses bichinhos e parabéns para meus peludinhos, a quem amo tanto e sem os quais meus dias perderiam um pouco da cor. Só quem tem e ama seu animal sabe do que estou falando. Só quem tem, ou já teve, um gato e um cachorro sabe a diferença de personalidade entre eles, e como os dois podem ser amorosos e dedicados. E, como disse a mãe da minha veterinária esses dias e meu marido confirma, só quem nunca teve um gato diz que não gosta de felinos. Quem já experimentou um pãozinho sendo amassado na barriga, um ronronar no ouvido e um monte de pelos se enroscando nas pernas, sabe o tamanho do amor que nasce por eles.

E, para comemorar o dia, fotos da Família completa, mandando beijos, lambidas e ronronos a todos que acompanham o blog!!! Obrigada e parabéns… :D

A delicada e doce Nina, com quem tudo começou

Branquinha e Pretinha, as irmãs opostas mais unidas que já vi

O charmoso Kotó, sempre fazendo pose e cheio de dengo

A irmã-agregada Pandora, ligada no 440V 24 horas por dia!

O primeiro irmão postiço, Garfield. Um lord, carinhoso e na dele.

E o Cisquinho, a maior enganação já vista! Se passou por quietinho para ganhar uma casa e virou um furacão. Mas é amoroso e dengoso como ele só... rs

http://laslinhasepelos.com.br/?p=932

10 ago 2010

Sorteio!!!

Cris

Como prometido, e um pouco atrasado, este post é para o sorteio de aniversário do blog! :) São pequenas lembranças, mas que carregam muito carinho.

São três brindes, para três ganhadores. Para participar do sorteio, basta preencher o formulário abaixo. Não esqueçam de colocar o email, ou eu não terei como entrar em contato. Não se preocupem, os dados não ficarão disponíveis para visualização, somente para mim.

Como não consegui criar uma conta gratuita no Contest Machine, pedi ajuda para o Google Docs. rsrs Depois farei o sorteio pelo Random.org, gerando um número aleatório entre a primeira e a última inscrição para o sorteio.

Os brindes são:

1º lugar: um porta celular rosa lindinho da Animob com um bolsinho externo.

Primeiro lugar

Para o segundo lugar: um outro porta celular da Animob, mas com uma única repartição, e roxinho.

Segundo lugar

E, para o terceiro lugar, um porta moedas fofucho da Animob.

Terceiro lugar

Corram e participem!! O sorteio será feito no dia 30 de agosto e as inscrições serão aceitas até o dia 29, às 23h59.

Boa sorte!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...