16 dez 2011

Participação especial de hoje: Tamara, do blog Café com Gato

Cris

Depois de um longo inverno, heis-me aqui de volta, com as participações especiais. Agora que retomei o blog, estou cheia de ideias e de vontade de escrever! Sei que durante 2011 não tivemos nenhuma participação especial, mas eu escolhi uma mais do que especial para encerrar o ano com chave de ouro. E aguardem, pois no ano que vem teremos muitas participações bacanérrimas!

Então, apresento-lhes a Tamara, a adorável escritora do blog Café com Gato e mamãe de um monte de bichos! Se vocês acham que eu tenho um zoológico, se preparem, pois ela é campeã!

Blog Café com Gato

Ela tem histórias emocionantes que, tenho certeza, irão tocar os corações de todos neste final de ano. Espero que gostem, porque eu simplesmente amei…

Lãs, Linhas & Pelos – Tamara, nos conte como começou o seu relacionamento com o universo felino.
TamaraMinha avó materna e minha mãe sempre gostaram de gatos. Na infância tive também cachorros e fui aprendendo nas atitudes delas que todo ser vivo merece respeito, em especial animais e plantas.

 

LLP – Quantos gatos você e seu marido têm hoje e qual é a situação deles? Vocês adotaram a todos ou existem alguns que estão disponíveis para adoção?
TAtualmente estamos com 70 gatos, 5 cachorros e 2 sapos. Minha 1ª gata eu comprei em um gatil (na época não tinha a consciência que tenho hoje), o Pastor Alemão fêmea nós ganhamos e o restante é de rua, é do abandono, do descaso – hoje estão conosco.
Não tive boas experiências com doações, já sofri muito, a maioria das pessoas não tem compromisso, não entendem que aquele bichinho tem sentimentos e necessidades.

Antes e depois do Azeitona

LLP - Eles estão todos castrados e vacinados? Eles têm acesso à rua ou não?
TOs animais pequenos, jovens ainda não são castrados, mas a grande maioria são castrados, sim. Atualmente meus animais não são vacinados. Alguns estou tratando infecção intestinal, um está em tratamento de uma infecção na boca e alguns com micose, mas já estamos revertendo. Uma cachorra está com um problema sério de pele pelo corpo todo e estou banhando diariamente com sabotando específico.
Algumas vezes temos surtos de carrapatos aqui em casa, é terrível.
Nenhum animal meu tem acesso a rua, o muro é alto e telei quase a casa toda.

Antes e depois da Belinha

 

Davi, gatinho com patinhas especiais

LLP – Vocês mora em uma casa com bastante espaço? Como é a rotina de um lar com tantos bichanos?
TMoramos em uma casa boa com jardim grande. Tenho faxineira 4 x por semana. Temos 25 bandejas de areia sanitária para gatos espalhadas pela casa e quintal, comedouros grandes são 11 e bebedouros de água são 13 potes distribuídos.
Um saco de ração de gato de 10 kg dá pra 1 dia e meio.
As bandejas sanitárias são limpas, águas trocadas e ração completadas todos os dias.
Cachorro faz as necessidades no chão, quintal. Estraga jardim, necessita de exercícios e passeios diários, ração e água fresquidão.
Fora a vermifugação de todos.
No dia que a faxineira não vem eu faço tudo.

Verdadeira cama de gatos!!

LLP – Qual foi a história que mais te emocionou e marcou? Alguma história engraçada?
TA história que me emociona é quando não consigo salvar um animal, eles chegam doentes e debilitados, não me acostumo com isso, já tivemos muitas perdas.
Temos um gato, o Davi que tem as 4 patinhas especiais, com deformação de nascença, ele é um amor e muito feliz.

Davi e Jorge

LLP – Vocês também tem 5 cachorros, correto? Como é a convivência dos gatos com eles?
TNossos 5 cachorros convivem bem com nossos gatos. Mas sempre estou de olho nas brincadeiras pesadas que as vezes acontecem.
Aqui só tem cachorro que convive bem com gatos, se não… Não estariam aqui.

Bruna

Filó no seu "Antes"

Filó em seu belíssimo "Depois"

LLP – Como vocês conseguem custear tantas despesas, já que a quantidade de ração e remédios deve ser significativa.
TOlha…
Aperta aqui e ali.
Atualmente no meu blog Café com Gato, convido as pessoas a contribuírem com 1,00 por mês e as pessoas têm participado.
O custo é muito alto.

LLP – Vocês sentem que existe algum tipo de discrimação das pessoas em relação aos gatos? Em caso afirmativo, como lidam com isso?
TSim, a maioria não gosta de gatos.
O brasileiro em geral não gosta de gatos, prefere cachorro.
Mas sempre digo que quem diz isso, é porque nunca teve um gato. São limpos, silenciosos, lindos, amigos, fiéis, sensuais, maravilhosos.
Quem gosta de gato é um pouco bruxa. Eu como boa bruxa, não ligo para a opinião das pessoas, mas sempre defendo os gatos, sempre!!

Oba, hora da comida!!!

LLP – Nos conte qual é a história do blog Café com Gato.
TO Café com Gato começou com o objetivo de ser meu álbum de família e registro do meu dia a dia. Ficou bonito, gostoso de ver, bem pessoal e com personalidade.
Evito historias tristes, o Café com Gato foi feito pra tomar café com um gato no colo.

LLP – E por último, deixe uma mensagem para nossos leitores e leitoras amantes dos gatos.
TEu e o Moacir resgatamos animais de rua não por caridade e sim por indignação.
Cego, aleijado, prenhe, sujo, atropelado, sarnento, velho, preto, faltando pedaço…
Todos são acolhidos, todos são lindos, todos são amados e cuidados.
Não viajamos.
Estou sem carro.
Deixamos de dormir pra medicar gatinho quase morto.
As vezes não tem lugar na cama pra namorar.
Não damos a melhor ração, eles não estão vacinados, a conta da clínica veterinária não pagamos ainda.
Muitos morreram em minhas mãos e não pude fazer nada.
Choro por cada um deles até hoje.
Todos eles confiaram em mim.
Eu e o Moacir ficamos com nossos animais até o último momento.
Nosso recado?
Nunca abandone um animal. Ele jamais faria isso com você.
Abraço.

Tamara e Moacir do Café com Gato.


30 nov 2011

Desafio 21 Dias 2011 – #7, #9, #10, #11 e #12

Cris

Como anda complicado escrever todos os dias, ando esboçando os posts do desafio e deixando para terminá-los quando tenho tempo e cabeça. Sendo assim, os próximos serão cumprimentos por atacado. :)

Desafio #7

Para cumprir a sétima tarefa do Desafio 21 Dias 2011, nós deveríamos falar e divagar a respeito de erros que cometemos no nosso blog. Não foi uma tarefa muito fácil pra mim, pois o blog não tem aquele compromisso rígido, é quase como um diário íntimo onde procuro registrar o desenvolvimento dos meus bichinhos e alguns passatempos e divertimentos. Mas, se algo merece ser feito, merece ser bem feito, não é mesmo? Então vamos lá… pelo bem e pelo desenvolvimento do Lãs, Linhas & Pelos, vamos analisá-lo friamente.

Erro #1 – A Falta de Regularidade
Eu ia colocar o título desse erro como A Falta de Compromisso, mas talvez eu não precise ser tão dura assim comigo mesma. O compromisso existe, a regularidade que eu não consigo manter. Qualquer coisa que afete a minha vida profissional ou pessoal, reflete no blog. Preciso aprender a levar os posts um pouco mais a sério e colocá-los na minha rotina. Até porque, esse blog é uma terapia para mim.

Erro #2 – A Estagnação
Quando comecei o blog, vivia procurando coisas legais, ajeitando o template, caçando links interessantes… eu o mantinha como a um carro novo, que sempre estamos limpando e lustrando. Há algum tempo parei com isso, mas o Lãs, Linhas & Pelos merece mais cuidados, eu sei disso.

Erro #3 – Não Interação com Outros Blogs
Eu leio e acompanho dezenas de outros blogs sobre gatinhos e bichinhos. E se os acompanho é porque os acho interessantes, divertidos, legais ou qualquer outro adjetivo que me prenda a eles, ou então já os teria deletado do meu Reader. Se é assim, por que não dar um pouco de retorno? Comentar em alguns deles já seria o suficiente, pois eu estaria dando o feedback que gostaria de ver no meu próprio blog.

Desafio #9

Reformar a minha página de Sobre. Esse desafio foi muito bacana, pois eu fiz o texto dessa página em um dia de muito pouca inspiração e acabei deixando como estava. Com algumas dicas da Nospheratt, ele está reformado. Talvez não como eu desejaria que estivesse no seu formato final, mas já foi um passinho a mais.

Desafio #10

Fazer um plano de emergência para o blog. Se existe algo que todos que escrevem um blog deveriam ter, é um plano de emergência. Ninguém sabe quando os imprevistos podem acontecer (ou não seriam imprevistos, dããã…), então devemos estar preparados para eles. O problema de inconstância com o blog vem, em grande parte, de períodos turbulentos pelos quais passei e que, se eu tivesse esse plano, poderia ter levado as coisas mais ou menos normalmente.

Muito bem, vamos ao plano. Ainda não o implementei, mas é o que irei fazer assim que acabar a correria do Desafio. :D

  1. Ter alguns posts já feitos para essas ocasiões. Não penso em algo muito grande no princípio, mas 5 posts já conseguem me salvar por algum tempo e é o que pretendo fazer.
  2. Já tenho um texto feito para colocar como resposta automática no caso de ter que ficar algum tempo sem ler meus emails de contato do blog.
  3. Comentários e manutenção regular do blog já são um problema um pouco maior. Não tenho ninguém em mente que possa fazer isso no caso de eu ficar impossibilitada, mas estou trabalhando no assunto.

Desafio #11

Esse desafio era um check-up do blog, com algumas perguntas guia para que pudéssemos identificar se o blog estava bem. Várias das perguntas da lista já tinham sido respondidas ou revistas no processo de faxina do blog ou da sidebar. Fiquei olhando para o blog, pensando nas perguntas, analisando… e vocês sabem, a mãe dificilmente consegue ver defeito nos seus filhos perfeitos. Procurei ser o mais imparcial possível e achei que as coisas estavam legais e, as que não estavam, eu já tinha dado uma mexida nesses dias. Mas vamos a uma coisa que eu ainda senti falta e já resolvi: um formulário.

Não havia um formulário de contato. Resolvi isso colocando um na página Sobre e criando uma página Contato. Nessa página, além do formulário, tem o Twitter e os emails. Vamos ver o retorno.

Desafio #12

E, para encerrar o dia de hoje, vamos ao desafio “O que eu aprendi sobre blogs em 2011″. Nossa, esse vai ser um dos mais complicados, pois minha atividade no blog esse ano foi pouca e, confesso, me dediquei muito menos do que deveria a ele. Então, talvez a minha maior lição tenha sido:

  1. Só plantamos o que colhemos. Não tem mágina! Se a gente não se dedica, não se dispõe, não planta… não colhe. Vemos o marcador de acesso baixar cada vez mais, os comentários ficarem escassos… Lei da ação e reação, preciso me lembrar sempre disso.
  2. Escrever um blog previne o Mal de Alzheimer. É sério!! Tente ficar imaginando temas diferentes, frases engraçadas, posts de utilidade pública e as mil e uma coisas que um blog precisa para se manter. Quer maior exercício cerebral do que esse?
  3. Existem pessoas reais atrás de um blog. Por mais impessoal que ele seja, existe alguém que o escreve, que o mantém e, o mais importante, que lê os comentários. Não é porque um blog é público que as pessoas podem fazer dele um depósito de suas frustrações e grosserias. Sigam a máxima: se entrou em um blog e não gostou ou concordou com suas ideias, saia e não volte mais. Simples assim. A não ser que a pessoa esteja comentendo algum crime. Aí, denuncie.
  4. Eu deixei de me atualizar na era das páginas html estáticas. Como é horrível você tentar mexer em alguma coisa no seu template e não conseguir por pura ignorância. Também, sou da época em que o que mais dinâmico que encontraríamos em uma página era um gif animado. Preciso me reciclar.
  5. Não procure reconhecimento, procure fazer bem. Escreva com cuidado, com carinho e ponha o seu coração no que faz. Se estiver no caminho certo, o reconhecimento virá.

16 nov 2011

Desafio 21 Dias 2011 – #4

Cris

O assunto deste post é importantíssimo para todos que têm algum contato com esse mundo informatizado: Backup. Em bom português, o backup pode ser traduzido como uma cópia de segurança e pode ser comparado ao plano de saúde ou seguro do carro… a gente só sente a falta e consegue ver a importância quando precisamos. E acreditem em mim, vocês vão querer ter um backup em algum lugar quando um desastre acontecer. Que tipo de desastre? Pode ser um HD queimado ou um servidor que morreu (no caso dos blogs), por exemplo.

A ideia do backup é sempre a mesma, ter uma cópia dos arquivos que foram gerados por nós em algum lugar. No caso do computador doméstico, são os documentos que fizemos, as fotos que baixamos, as músicas e filmes que guardamos. No caso do blog, são os posts que escrevemos, as fotos e outros arquivos que inserimos, as modificações gráficas que fizemos no template.

Pra quem usa Windows no computador de casa, uma cópia da pasta Meus Arquivos já ajuda. No caso do Linux, cópia da pasta /home. No caso dos blogs que usam o WordPress, o plugin WP-DBManager é a mão na roda, excelente indicação da Nospheratt, só para variar… ;) Lembrando que o backup precisa ser periódico, não basta fazer hoje e achar que se está protegido pelo resto da vida. E as coisas que criarmos ou modificarmos de hoje em diante? A periodicidade do backup vai depender da periodicidade das nossas modificações.

Para comprovar o feito, vai o printscreen do backup do blog, feito há alguns minutos. Para me certificar de que não esquecerei de fazê-lo, programei o plugin para gerar o backup toda a semana e me enviar por email. Tarefa cumprida!
Photobucket


16 nov 2011

Desafio 21 Dias 2011 – #3

Cris

O Desafio número 3 era testar a usabilidade do meu site. O ideal seria pedir para alguém que não conhecesse meu blog entrar nele e navegar, testando se é fácil achar pelo que procura. Eu pedi para minha mãe fazer isso, mas ela pode demorar um pouco até dar retorno. :D

Como o blog não tem muita frescura, eu acredito que não seja muito difícil a navegabilidade, para usar uma linguagem futebolística… rsrsrs Algumas coisas que eu sentia falta, e que finalmente consegui colocar, foram os botões para compartilhamento via e-mail, Facebook, Google Reader e afins na página principal, no final de cada post.

Também coloquei sugestões de outros posts no final de cada um deles e uma área com os posts recentes na barra lateral. Espero que isso já tenha deixado o site mais fácil de navegar e de achar tudo o que se necessita… :) Se alguém estiver tendo alguma dificuldade, por favor me avisem!! :)

 

Photobucket

Kotó verificando para ver a usabilidade e navegabilidade do blog

 


14 nov 2011

Desafio 21 Dias 2011 – #2

Cris

O segundo desafio era fazer uma limpeza da minha caixa de ferramentas, o que inclui tudo o que eu uso para me ajudar a escrever para o blog. Email, anotações, feeds e o que mais fosse. Vamos aos relatos dos acontecimentos… :)

Quanto ao email, eu utilizo um email do próprio blog para contatos relacionados a ele. Não havia muita coisa acumulada mas, o que havia, foi devidamente limpo. Nenhum email estava por responder, então foi mais fácil.

As anotações foram mais fáceis ainda, pois tenho sido UM TANTO QUANTO relapsa quanto a isso. Até já instalei o wiki indicado pela Nosphe, o que tem me ajudado bastante nas tarefas cotidianas. Mas a página Blogs ainda não possuem anotações. :(

A limpeza dos feeds eu tirei de letra, pois já havia feito isso na semana passada. Tinha trilhões de feeds que eu acompanhava e acabava não tendo tempo de ler todos. Peguei os menos importantes e deletei.

Prontinho. Com isso espero ter cumprido meu segundo desafio. Amanhã pretendo colocar o restante em dia… não quero mais um item atrasado na minha agenda. rsrsrs

E, para não deixar de falar sobre nossos pequenos, vai uma foto fofucha da Pandora com o Cisquinho tirada esses dias… não são lindos os meus filhos???

Photobucket

E não são uns amores?!?!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...