Pandora no veterinário

Cris

Agosto e setembro são os meses de dar os reforços das vacinas nos bebês. Isso inclui TODO MUNDO. Imaginem o pandemônio? :D E estava tudo combinado para levarmos todos no sábado que vem para o reforço da vacina contra raiva. Mas, já fazia alguns dias, a Pandora estava balançando a cabeça direto, como se alguma coisa em suas orelhas a incomodasse. Então marcamos para levá-la ontem no Broto (veterinário dos bichinhos agora).

Depois de examinada, o diagnóstico não teve nada de alarmante, é simplesmente a produção de cera dela (e da torcida do flamengo dos labradores) que é demais e acaba obstruindo o ouvido e gerando um processo inflamatório que pode chegar a uma infecção. Parece que foi simples, né? Pois imaginem uma cachorra que deu trabalho até conseguir ser examinada! Foram 33 kg de pura força e três marmanjos para conseguir dominá-la, uma piada. Ah, e depois ainda foi preciso fazer a primeira limpeza em suas orelhas e ouvido. Uma tragicomédia. Agora eu estou tendo que fazer a limpeza duas vezes por dia e sozinha… olha, não é uma tarefa nada fácil.

A sorte é que a Pandora é apavorada mas é mansa. Se quisesse tinha mordido todos nós e ainda saia mostrando a língua. Só que ela não faz isso, nunca fez… nunca teve ninguém em quem ela tivesse ao menos avançado, quanto mais mordido. Mas pelo menos a vacina anti-rábica dela já foi aplicada e, no sábado, serão “só” os 8 gatinhos para levar para passear no Broto. Depois conto detalhes de como foi. rsrsrs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

2 comentários para “Pandora no veterinário”

  • Karina Diz:

    Ainda bem que não era nada grave. Mas imagino o baile que a Pandora deu em todos vocês!
    Beijos

  • eva Diz:

    Deve ter sido cômico a cena, bom pelo menos agora que passou porque na hora é dose. Eu tenho três gatinhos para vacinar e já quase morro de pensar em leva-los no veterinário, imagina se eu tivesse 8 como você. Quero saber os detalhes e como voce faz para levar essa turminha do barulho. Aqui em casa quando entram no carro uma mia deseperada, outra fica soltando miadinhos baixos mas chorosos e o outro parece que vai ter um treco de tanto que fica ofegante.
    Boa sorte com todos.
    beijos

Deixe um comentário