Overdose de convívio

Cris

Ai, ai… já são duas semanas de casa vazia. Quer dizer, vazia de humanos e cheia de felinos. rsrsrs A Família Gatos e a Pandora estão tendo uma overdose de mim, já que não há outra pessoa para interagir com eles. Só meu marido, que vem nos finais de semana. Mas, durante a semana, somos eu e eles, eles e eu. Eu estou amando, claro. Não preciso dividir a atenção deles com ninguém. :P

Por outro lado, acho que pra eles deva ser um pouco sacal, pois eu não consigo fazer cafuné e dar a barriga para amassar pra todos ao mesmo tempo. Eles até fazem uma filinha e tudo o mais, mas alguém sempre acaba desistindo e indo embora. Agora, o duro mesmo é quando eu deito, bato na barriguinha (que eufemismo hahahaha) para o Kotó vir amassar e vem ele e o Garfield. É uma disputa acirrada! Como o Kotó é mais quietão e o Garfield mais espevitado, normalmente é o Kotó que desiste. E na hora de acordar então?!? Tem gato pra tudo que é lado na cama: no meu travesseiro, nos meus pés, nas minhas pernas, no meu criado mudo, uma delícia!

Para quem diz que sofre com solidão, eu recomendo uma coisa… ou melhor, várias coisas! Tenha gatos e cachorros. Ninguém fica sozinho tendo esses bichinhos por perto. Eles fazem companhia de formas diferentes, mas são gostosos igualmente. ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

2 comentários para “Overdose de convívio”

Deixe um comentário