Participação especial extraordinária: GeekCats

Cris

Só no sábado eu recebi as respostas da entrevista do Leandro e da Michelle, os responsáveis pelo site GeekCats e pais do Mike, da Nina e da Ísis. E é claro que não poderia esperar até sexta para publicá-la, pois tem muita coisa interessante, incluindo o Balaio de Gatos.

Com vocês, os GeekCats!! E o Leandro, a Michelle, o Mike, a Nina e a Ísis. Confiram. ;)

Lãs, Linhas & PelosHá quanto tempo o Mike, a Ísis e a Nina estão com vocês? E quem são vocês, é claro… :D
Leandro e Michelle – Olá, nós somos o Leandro e a Michelle, papais do Mike, da Nina e da Isis, os gatinhos que inspiraram os GeekCats!
O Mike e a Nina estão conosco há 6 anos e meio. Foram adotados da mesma ninhada. A Isis veio 1 ano e meio depois, da ninhada de uma gatinha do pai da Michelle. Não resistimos e acabamos trazendo ela pra casa também :)
O humor das tirinhas é impagável!

LLPEles foram comprados, presenteados ou adotados?
LM – Eles foram adotados! É por isso que damos tanto apoio a adoções. Na época a grana estava muito curta e a Michelle queria muito um gatinho. Pois ela saiu a cata de gatinhos para doar. Revirou Petshops e quadros de aviso.
Hoje, com o Balaio de Gato, esperamos que as pessoas achem seus gatinhos de maneira muito mais fácil, basta entrar no fórum e escolher seu estado.

LLPSão vacinados e/ou castrados? São mantidos dentro de casa/apartamento?
LM – São vacinados e castrados. O Mike foi o primeiro a ser castrado. Pouco tempo depois a Nina teve piometra e teve o útero retirado. Com a Isis esperamos uns dois cios e castramos também.
Eles são mantidos dentro de casa desde pequenos. Achamos que é mais seguro para eles e mais higiênico para nós, pois dormem conosco. A Isis andou nos enganando e dando uma escapadelas, por isso reforçamos a “segurança”!

Mike, Nina e Ísis

LLPTinham alguma experiência anterior com gatos?
LM – A Michelle desde criança teve gatos então, quando tivemos nosso cantinho, ela sentia muito a falta de um gatinho ronronando pela casa. Eu fazia barunhos estranhos, mas não eram ronronos e não queria nem saber de gatos.
Fui criado com cães e não ia muito com a cara de gatos. Até conhecer uma gatinha linda chamada Mery. Ela ficou um fim de semana com a gente, e eu adorei aquela bolinha de pelo e aí partimos pra adoção.
Quisemos logo dois, para fazerem companhia um ao outro. Pegamos o Mike e a Nina como duas fêmeas, só mais tarde descobrimos que tínhamos um casal! Aí corremos fazer a castração do Mike! E sabe como era o nome dele? Isis! Quando veio a branquinha demos o nome pra ela.

LLPVocês acreditam que existe um certo preconceito das pessoas com relação aos gatos?
LM – Claro! Eu era um desses preconceituosos! A culpa é um pouco dos gatos também, heheheh
Você chama um cachorro e ele vem correndo te lamber! Não importa quem você é. Já o gato vai olhar pra você e pensar a respeito. Na verdade, sem querer ofender os gatos, mas os gatos são muito humanos! rsrsrs Se alguém chama você na rua você não sai correndo abraçar a pessoa, você vê primeiro quem é.
Acho que é isso que cria a fama dos gatos, junto com um monte de besteiras de superstições.

LLPO que esses bichanos acrescentam nas suas vidas (além de pelos e bagunça…rsrs)?
LM – Nos deram sentido de família. Nós ainda não temos filhos, então tratamos os 3 como tal. Até os chamamos de filhos!
Eles são o aconchego da casa, um ponto de refúgio com ternura e ronronos.
Também são as estrelas. Quando temos visitas, boa parte do papo gira em torno dos 3. Adoramos falar dos nossos gatos! Gostamos tanto que resolvemos fazer tirinhas com eles!

LLPO temperamento de cada um deles, mostrados nas tirinhas, reflete o que eles são na vida real?
LM – Com certeza! Pegamos as características de cada um e ampliamos, definindo suas personalidades.
O Mike realmente é o mais atrapalhado e o que costuma chamar mais atenção. Como ele é o macho dominante, acha que tem direito a tudo e é o melhor em tudo.  Costuma tirar as meninas de onde estão e deitar no lugar que elas estavam. Não importa quem a gente chame, sempre ele vem. E pede carinho, claro. O Mike tem um jeito único de se comunicar. Cada miado tem um significado. Ele é grandão e gordinho, uma delícia de abraçar!

Mike

A Nina é a resmungona. Se ela está em algum lugar e a gente tira, ela resmunga. Se tocamos ela pra dentro de casa, ela resmunga. Se a Michelle se mexe debaixo da coberta, ela resmunga! Também adora ir onde não deve e miar desesperadamente. Ela e o Mike eram muito grudados antes da chegada da Isis. Desde então só brigam, é raro ver os dois juntos. Achamos que é porque com a Isis a hierarquia ficou mais definida, e ela não aceita ser a segunda no comando. Apesar dos resmundos e da teimosia – ela é bem teimosa! – a Nina é uma lady. Sempre limpinha, sentadinha com as patinhas juntinhas, uma fofa! É o xodó da mamãe e também está bem gordinha…

Nina

A Isis é a nossa rebelde. É muito esperta e curiosa, mais enérgica que os outros dois. Como ela é a última na hierarquia, é a que pode menos. Por isso temos um cuidado muito especial com ela. Procuramos dar muito carinho e atenção, senão ela fica encolhida pelos cantos. Não costuma pedir carinho, então quando pede paramos tudo para atendê-la. Ela vive em torno do Mike, os dois estão sempre juntos e ela copia tudo que ele faz. Mas é mais esperta do que ele hehe

Ísis

LLPQuando e como surgiu a idéia do site?
LM – A Michelle queria desenvolver o desenho e precisava de um tema. Eu sugeri fazer tirinhas sobre nossos gatos. Como eu sou muito criativo, me oferecei para escrever as histórias.

As tirinhas super humoradas

E deu certo! A Michelle até entrou em um curso de desenho e tem melhorado bastante! Hoje o site é nossa diversão, é muito gostoso de fazer. A Michelle só desenha, eu cuido de todo o resto: tema, divulgação, blog e atendimento aos leitores.

LLPEsta semana foi lançada uma novidade no site: o Balaio de Gato (da qual nós já estamos participando, é claro :) ). Expliquem um pouco mais sobre essa ideia.
LM – Eu estava lendo a respeito da comunidade da Nike sobre o Nike Plus, pedi a alguns amigos que mostrassem e fiquei impressionado com a quantidade de pessoas trocando experiências sobre corrida. Tem de tudo lá! Desde rotas de corridas até as melhores músicas para ouvir durante um treino. E porque não fazer algo sobre gatos? 2 meses depois nasce o “Balaio de Gato“.
Já tínhamos visto blogs, listas de e-mail e comunidades no Orkut/Facebook sobre gatos, mas não um portal onde reunisse tudo. O Balaio é um espaço pros gateiros fazerem o que mais gostam: mostrar seus gatinhos, ver fotos e vídeos e falar sobre gatos! Como somos muito a favor da adoção, também criamos um espaço organizado para anúncios de adoção e feiras.

Inauguração do Balaio de Gatos

Além disso, também queríamos que a comunidade fosse referência, então temos artigos, classificados e anúncios de clínicas, veterinários, pet-shops e criadores. É o lugar para ficar horas curtindo tudo que tem.

LLPE, por último, sintam-se à vontade para deixar algum recado para os leitores do blog que, no geral, são apaixonados por bichanos.
LM – O gato nos ensina sobre amizade, limite, respeito, dedicação, carinho e companhia. Costumamos dizer que os gatos são um presente de Deus para nós, seres humanos. Um animalzinho tão livre, que escolhe ficar do seu lado.

A preguiça dos três peludos...

Os gatos são fofos, gostosos, quentinhos, macios e ainda ronronam! Eles são uma delícia :) Sempre agradeçemos pelos nossos e cuidamos para que eles tenham uma vida longa, saudável e feliz.

É isso aí. Espero que tenham gostado. Não preciso nem dizer que ADOREI, não é… ;)

Obrigado ao Leandro e à Michelle. E parabéns pelo trabalho, tanto das tirinhas, quanto da iniciativa do Balaio de Gatos. Não percam tempo, entrem agora mesmo e se cadastrem! Nós já estamos lá… :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

2 comentários para “Participação especial extraordinária: GeekCats”

  • Cris Diz:

    Os meus também veem, Deborah. Mas sempre tem um mais carente, né.
    No nosso caso, é a Branquinha. Qualquer um que a gente chame, ela sempre vem junto. Normalmente, não precisa nem chamar! Se começarmos a fazer cafuné em alguém, ela já vem correndo… rsrsrs

  • Icedeb Diz:

    Ah, gatos também atendem quando a gente chama. A Safira sempre vem quando eu chamo ela (e ainda por cima vem rebolando, trotando e fazendo “mimimi”). Apesar que ela só faz isso comigo e com a minha mãe.
    Mas realmente, eles pensam 2 vezes antes de agir e passar vergonha, diferente dos cachorros ^^ hehe

Deixe um comentário