Participação de hoje: Mimi

Cris

Hoje a participação é muito especial. A Mimi é uma linda gata siamesa e que faz um grande trabalho: matar a saudade que o meu marido tem dos seus filhos felinos. Ele trabalha em outra cidade e passa a semana longe da gente. A Mimi o aguarda todos os dias quando ele chega do trabalho, esperando ganhar o cafuné que, sem falta, ele faz. A Mimi sobe as escadas com ele até o quarto e, depois que ele guarda os apetrechos que traz, ele se senta no chão e fica acarinhando a fofa longamente…

Mimi aguardando o cafuné

Ela pertence à dona da pensão onde ele mora, a Neuza. Mais especificamente, à filha dela, a Mayara. Elas ganharam a Mimi há quase nove anos atrás (ela faz aniversário dia 17 de novembro) e a tratam como uma princesa. Ela é castrada e só fica dentro de casa, onde é o lugar dos gatinhos.

Mimi se derretendo com um carinho no pescoço

Depois que começa o expediente (a Neuza tem um salão de beleza em casa) ela sobe para o quarto e lá fica quietinha, até que as clientes tenham ido embora. Uma verdadeira lady. Até ganhou um irmãozinho há tempos atrás, quando a Mayara achou um gatinho na rua. Trouxe o Tico (ganhou até nome) pra casa, cuidaram dele, deram casa, comida e roupa lavada. Mas, depois de três dias, um menino apareceu dizendo que era dono do gatinho (embora não cuidasse do bichinho) e o levou embora. Tirando estes poucos dias, a Mimi sempre foi filha única.

"Vou ganhar mais um pouco de carinho??"

Ela é uma mistura dos nossos dois siamesinhos, pois tem o pelo curto da Branquinha, mas a cara gorda e gostosa do Kotó. Quando não está no quarto curtindo uma caminha, tem uma casinha iglu super charmosa.

Esta é a participação de hoje. Muito especial de verdade. Obrigada, Mimi, por dar um pouco do carinho que os nossos gatinhos estão acostumados a dar para este homem que é mais do que especial pra gente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe um comentário